segunda-feira, 18 de maio de 2015

Capítulo 27 (Último Capítulo)

— Tinha desistido. Quando foi para o Alabama, compreendi que não tinha nenhuma chance. Então conheci Taylor e...
— Não — se apressou Vanessa a levantar uma mão e tampar sua boca. — Compreendo. Jamais esperei ocupar seu lugar.
— Não, jamais poderia ocupar seu lugar — confirmou. Aquelas palavras retorceram-se no coração de Vanessa como uma faca profunda numa ferida. Vanessa baixou a cabeça. Mas podia suportá-lo, Zac acabava de dizer que também a amava —. Mas isso é porque você sempre ocupou a maior parte de meu coração, desde muito antes que conhecesse Taylor. Queria bem a ela — acrescentou Zac baixando o tom de voz —, mas sempre teve uma parte de mim que lamentava que não fosse você.
Vanessa sentiu tal choque que quase desmaiou. Zac se alarmou, assim a levou para a cama e a fez se sentar, tomando assento a seu lado e a rodeando com um braço.
— Sente-se bem?
Vanessa assentiu. Levantou uma mão e tocou sua bochecha, fechando os olhos e sentindo o prazer de sua cálida pele.
— Durante todos estes meses não desejava senão que me amasse — sussurrou ela —. E agora... me ama — sacudiu a cabeça. — . Me belisque, isto é um sonho.
— Ocorrem-me muitas coisas que gostaria de fazer-lhe, mas beliscar não é uma delas — riu Zac aliviado, girando a cabeça para sua mão e beijando a palma —. Deus! Quero você. Quis você sempre, acredito. Diga-me — rogou Zac alçando a cabeça para ela.
— Quero você — disse ela baixinho e profundamente, se inclinando para ele e lhe oferecendo a boca para beijá-la.
Zac atraiu-a para si, com uma mão sobre as costas e a outra sobre o ventre. Suave, ternamente, tomou seus lábios num beijo tão doce que arrancou lágrimas de Vanessa.
— Devo ser o homem mais feliz deste mundo.
— E eu a mulher mais feliz.
— Então, significa isso que vai reconsiderar a ideia de se mudar?
— Lamento não ter confiado em você. Suponho que... Custa-me deixar de lado minha independência.
— Porque nunca pode confiar nem depender de ninguém — disse ele —. Mas prometo que eu sempre estarei aqui, sempre que precise de mim. Se não quer meu dinheiro, não importa. Se o querer todo, também. Agora somos um só, em todos os sentidos que nos que importa.
Vanessa sentia exatamente o mesmo. Sorriu, desenhando a silhueta dos lábios de Zac com um dedo, e disse:
— Na realidade, logo seremos quatro. Não lhe dá medo?
— Em absoluto — o sacudiu a cabeça —. Não, agora que estaremos juntos.

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
Que bom que tudo se resolveu!!! 
Estou tão feliz quanto esses dois!! :D
Agora só falta o nascimento das meninas pra completar a nossa
felicidade neh!? 
Então não percam o epílogo!! :D
Obrigada pelos comentários meninas!!!
Beijoooos e até mais!!

3 comentários:

  1. Own
    Adorei o capítulo
    Fofos demais esses dois fazendo as pazes ♥

    ResponderExcluir
  2. Ai que lindos,finalmente,ansiosa pelo nascimento das pequenas,posta mais bjs bjs

    ResponderExcluir
  3. PQP lindo,perfeitooooooooo ♥♥♥
    nem acredito que já é o último capítulo
    aii deus,chorando aqui
    posta mais,kisses

    ResponderExcluir